Compartilhe por E-mail

Fechar

E-mail enviado com sucesso!

Verifique os campos com erro.

02/10/2015

GREEN apoia Hospital 9 de Julho na digitalização e automação de processos

Mais de 4,5 milhões de documentos foram digitalizados pela empresa que fornece soluções tecnológicas para extinguir o uso do papel

Extinguir o uso do papel em uma unidade de saúde com anos de operação e tradição não é tarefa fácil, mas a prova de que isso não é impossível está no resultado do trabalho desenvolvido pela GREEN Soluções Sem Papel junto ao Hospital 9 de Julho, referência em medicina de alta complexidade. Com o objetivo de se tornar um hospital paperless, a unidade de saúde realiza há mais de dois anos o processo de digitalização de prontuários de pacientes internados. Nesse processo realizado com total apoio da GREEN já foram inteiramente digitalizados cerca de 4,5 milhões de documentos.

 

Por meio das soluções fornecidas pela empresa de inovação, desde 2013 a unidade de saúde reúne informações relacionadas a atendimento de pacientes numa única plataforma de dados que se integra a qualquer software de gestão. Capturando e armazenando digitalmente documentos diversos, além de acessibilidade rápida e segura em qualquer computador da rede, o Hospital 9 de Julho, segundo o gerente de TI, Carlos Yamashita, conquistou benefícios junto a pacientes, médicos e profissionais da área administrativa.

 

Para pacientes, o diferencial foi a maior agilidade na obtenção de prontuários no SAME (Sistema de Arquivo Digital e Estatístico). Já para médicos e equipes de enfermagem, o ganho foi a facilidade de acesso a documentos e prontuários dos pacientes. Na área financeira do hospital, o destaque foi a implementação de documentos digitais no processo de recebimento de contas. No que diz respeito ao trabalho desenvolvido pelos profissionais de auditoria interna, um dos principais benefícios foi a facilidade na visualização das contas dos pacientes juntamente com os prontuários.

 

As soluções GREEN foram escolhidas pelo Hospital 9 de Julho por agregarem inteligência aos processos e garantirem validade legal com um sistema de certificação digital integrado a outras soluções, dentre as quais, o Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) da MV, que reúne todos os dados de atendimentos a pacientes e permite a criação de prescrições padronizadas, protocolos clínicos e alertas automáticos no caso de interações medicamentosas e alergias. Essa integração possibilita que médicos, enfermeiros e equipes multidisciplinares acessem documentos e imagens dos pacientes sem a necessidade de sair do PEP, o que gera impacto operacional, pois, quanto mais informações estiverem disponíveis, menos tempo o paciente fica no hospital e melhor o diagnóstico médico.

 

Comemorando, em 2015, 60 anos de tradição e excelência, o Hospital 9 de Julho planeja ampliar a parceria com a GREEN. De acordo com Yamashita, os próximos passos são a digitalização dos prontuários ambulatoriais do Centro Médico e Emergência e a implantação do processo de saúde sem papel com certificação digital em conjunto com a MV.

 

Além de soluções para gestão de documentos digitais e automação de processos, a GREEN vem trabalhando no desenvolvimento de outras novidades. Como já fez com Software as a Service (SaaS), está agora entregando seus serviços em infraestrutura de TI totalmente em Cloud Computing. Com a proposta de substituir totalmente o uso do papel físico por tecnologia, ambos representam estratégias adotadas pela empresa para permitir que as instituições de saúde implantem o projeto Saúde Sem Papel sem a necessidade de investimentos em aquisição de licenças de softwares, servidores, banco de dados, licenças de sistemas operacionais, contingência, storage, backups, data center e funcionários dedicados ao cuidado dessa infraestrutura.

Voltar